A flauta doce no século XX: o exemplo do Brasil

Daniele Cruz Barros

R$60,00

Comprar

No processo de redescoberta de que foi objeto no início do século XX, na Inglaterra, a flauta doce uniu músicos, musicólogos e construtores de instrumentos no projeto de trazer de volta os meios que, a exemplo dela, servissem à interpretação de composições anteriores à era clássica. Sua fortuna, no entanto, foi além: o instrumento conquistou lugar especial no ensino musical, mantido até hoje, e suscitou o entusiasmo de compositores mundo afora – inclusive no Brasil. Por meio de um trabalho de pesquisa formidável, que foi capaz de identificar 277 obras para flauta doce de compositores brasileiros dos séculos XX e XXI, a musicista, educadora e pesquisadora Daniele Cruz Barros, professora do Departamento de Música da UFPE, cumpre com o desafio de suprir as grandes lacunas bibliográficas de um tema caro: a contribuição do Brasil aos séculos de história do instrumento. A história, a função e o repertório da flauta doce no contexto internacional; a sua presença em nossa cultura sob diversos aspectos – o ensino, a construção, as gravações –, com base em informações coletadas em entrevistas realizadas com flautistas, professores e construtores brasileiros; e, por fim, a criação brasileira propriamente dita destinada ao instrumento, identificadas suas principais tendências e motivações: o tratamento reflexivo desses temas, nos capítulos iniciais, dá em seguida lugar, na segunda parte do volume, a um catálogo comentado de todas as obras identificadas durante a pesquisa – um material de grande valia para flautistas, musicólogos, professores e estudantes interessados no instrumento e na música brasileira do período.

 

Área Artes | História
ISBN 9788573157871
Ano 2010
Páginas 361
Dimensão 19,0 x 26,0 cm
Peso 760 g