Ditadura militar no Brasil: entre práticas e representações (1960-1968)

Erinaldo Cavalcanti

R$40,00

Comprar

Fruto de uma Tese de Doutorado desenvolvida na Pós-Graduação em História da UFPE, este livro traz uma importante contribuição para as reflexões sobre o fenômeno do anticomunismo, de modo geral, e de suas expressões e representações no Brasil da primeira metade dos anos 1960, em particular, quando se testemunha o Golpe Militar de 1964. Além de se basear em uma rica e diversificada documentação, a obra tem o mérito de colocar em foco o estado de Pernambuco e, em especial, a cidade de Caruaru, localizada em uma das regiões nas quais, naquele momento, os conflitos “esquerda versus direita” foram mais intensos, o que demonstra a capilaridade das representações e ações anticomunistas no interior do país. O leitor conhecerá melhor o contexto da mobilização anticomunista desse intervalo em Pernambuco, em um trabalho que combina adequadamente rigor teórico-metodológico e pesquisa documental de fôlego. Trata-se, enfim, de uma importante contribuição para a compreensão da história recente do Brasil, e que vem a enriquecer a bibliografia sobre o processo de radicalização política na década do golpe.

 

Área História
ISBN 9788541508841
Ano 2017
Páginas 348
Dimensão 15,5 x 22,0 cm
Peso 505 g