capa - o movimento e a linhaO movimento e a linha: presença do teatro do estudante e d’o gráfico amador no recife (1946 – 1964)

Flávio Weinstein Teixeira

R$ 30,00

Comprar

As transformações ocorridas na sociedade moderna após a Segunda Guerra Mundial, articuladas aos processos de industrialização e urbanização que se fizeram sentir nos anos 1940/50, constituem o pano de fundo das mudanças culturais ocorridas na dinâmica social do Recife durante essa época. Neste livro, encontramos um estudo das produções culturais características do intervalo que se situa entre o fim do Estado Novo e o início do Regime Militar. Tomando como principais elementos de análise os grupos Teatro do Estudante de Pernambuco e Gráfico Amador, o autor argumenta sobre o fato de que a renovação da linguagem artística no Recife ora se deu através de uma tendência em se construir uma arte de apelo e engajamento popular, ora por uma busca de renovação formal com vistas a atingir um patamar mais refinado e autorreferente de expressão artística. Os leitores encontrarão nesta obra os debates e a disputas pela legitimidade do fazer cultural em curso no Recife durante aqueles anos.

 

 
Área Artes
ISBN 9788541508360
Ano 2016
Páginas 315
Dimensão 15,5 x 22 cm
Peso 445 g