Objetos de memória: materialidades do passado na América Colonial

Alfredo Cordiviola

R$35,00

Comprar

Como nos relacionamos com o passado? O que podemos resgatar das intermitências de um objeto de memória? Que aspectos estão definitivamente ocluídos e são irrecuperáveis? E isso que, de toda forma, permanece no tempo, como se insere nas desiguais composições do nosso presente? São essas questões sobre os objetos de memória produzidos na América colonial que esta obra analisa: suas formas materiais, visuais e verbais – mediante as quais a história se manifesta – não se limitam a testemunhar e a deixar constância de uma época, de um lugar, ou da produção de um indivíduo ou de um grupo social (funções que cumprem integralmente); mas, antes de tudo, exibem e dramatizam a relação dessa época, desse lugar e desses grupos sociais com passados considerados próprios, pertinentes e relevantes. Assim, este livro apresenta um estudo de como estes objetos – textos, artefatos, imagens etc.– participam de modo particular e localizado na constituição, nos usos e nas políticas do conhecimento histórico. Feitos de palavras, relevos, tonalidades e volumes, tais artefatos adensam o presente e postulam modelos de passado e de futuro, invocam e redefinem antigas mitologias conforme as urgências locais, dialogam e colidem com (e ignoram ou subvertem) tradições estabelecidas, postulando, assim, interpretações, reinvenções e desvios nas ampliadas esferas da historiografia colonial.

 

Área Letras; História
ISBN 978854151107
Ano 2019
Páginas 303
Dimensão 15,5 x 22,0 cm
Peso 435 g